Professora, de São Paulo, 33 anos, casada, crê plenamente no amor de Deus e é mãe de uma princesa de um aninho.

Tenho amigos virtuosos e pais maravilhosos. Sou leitora de poesias.

Meu livro preferido é a Bíblia. Sou louca por música, adoro filmes, biografias, documentários.

Adoro ter contatos com poetas. Adoro o goticismo, o surrealismo e o gospel.

Sou poetisa há pouco tempo, pois como disse Cecília Meireles: " ...a vida só é possível reinventada."

Elisa Maria Gasparini Torres



Absolutely Passionate
 

A colcha de retalhos em minha mente
É amálgama dos distúrbios da
Minha personalidade
A natureza intrínseca do meu ser
É desmesurada loucura
O lápis no papel, as mãos no teclado.
Meus devaneios não são pãezinhos de mel.
São reflexos de movimentos fortes:
Ondas interiores, tempestuosas, que se quebram na orla.
Revelações como raios que põem árvores em fogo.
Tesouras espirituais que rompem laços d’alma.
Jejuns alucinantes para moverem impedimentos.
Dietas loucas que terminam em orgias de açúcar.
Correntes de desejos elétricos incontidos, de
Beijos intensos que incendeiam o corpo,
Maquiagem pesada e cabelos descoloridos.
Depressivas prisões e lindas redenções sem fim...
Combustível pra a imaginação
São meus projetos de vida e morte
Cada pulsação move litros de sangue nas veias,
Call me Absolutely Passionate.
I am...
 
Absolutamente Passional: sou eu!

UM ACRÓSTICO PARA ELISA

Excêntrica nos seus versos!!! Meu inverso...
Leva a vida com sutileza de um grande dama,
Interiormente sábia!!! Menina querid,
Suave !!! Essa mulher!!! Criativa
Acrescida de belas palavras.

Maria da reflexão!!! Expansiva
Artista !!! Em poemas!!! Seus temas
Revela uma beleza sem comentários
Irreverente nesse Brasil!! Inigualllável.
A Elisa!!! Amiga precisa.

Graça em viver sua vida
A vida!!! Inimitável e decisiva
Sentimentos verdadeiros
Personaliza a contradição do seu tempo,
Amar!!! Amar as poesias
Revelação contínua em seus gestos,
Infinita mestra!!! Um acesso à literatura
Nome próprio de uma celebridade
És  a essência da arte.

Tem sua própria trajetória!!! Determinação
Ostentada por uma nobreza!!! Sonhos
Revisada por amigos e amores!!! Essa é a questão
Repassada pelo registro de um bom parecer
Equalizada por sinais!!! A canção de uma fã.
Surreal!!! Eliza poetiza linda..
 

by soraia

Meu Award



DEUS É MEU PAI E MINHA POESIA
 
Deus! Invoco-te e te chamo,
Passante eu sou neste mundo.
Que a sua luz se faça notória,
E assim, sempre resida seu agir
Nos espaços da minha memória.
Pois na minha densa escuridão,
Tu foste o braço que me conduziu.
Foste o abraço que me faltava.
E se fui ingrata, ainda assim,
Sei que a tua provisão é freqüente.
Ao som da sua voz estrondosa,
Longínquos planetas se movimentam,
Galácticas estrelas irão surgir,
E nosso planeta vai transladar.
Ao som do seu comando,
No Vale de Ossos Secos,
Cadáveres vão reviver.
Por isso eu confiei no teu auxilio.
E tornaste claro meu negro verso.
E meu coração em alegria de festa.
O que é o homem, este teu projeto?
Um ponto pequeno que reluz no Universo.
Enquanto majestoso e honroso Tu És
A Propulsão que faz a Via Láctea girar.
Em teu terno coração, sob tuas asas,
O perdão e a direção do peregrino,
Ilumina-me para eu andar de forma certa,
Pois agradecida te escrevi essa poesia,
Um hino.
 
Elisa Maria  Gasparini Torres


 
A HUMILDADE DE JESUS
 
Na humildade de Jesus,
Um amor sem julgar,
sem olhar aparências.
Um coração transparente e límpido,
pronto pra perdoar, para justificar .
O bálsamo para dores do corpo e d'alma.
O consolo do Espírito aos que choram.
Um abraço amigo, paterno.
Pelo poder de Deus:
O ressuscitar de Lázaro,
a cura do cego, a cura de Talita,
a cura de paralíticos.
A multiplicação dos pães e peixes.
E a doçura ímpar ao receber as crianças.
A autoridade para defender a mulher adúltera.
O apaziguar da tempestade.
Os ensinamentos sobre o amor ao próximo.
Quem vai estender a mão e te levantar
nos dias da tua tristeza?
Quem salvará tua alma, e trará
presentes para a carne cansada,
e o olhar decepcionado?
Só Jesus o humilde e amoroso.
Em seu nome o realizar de bondades
e milagres
Morando em seu coração, santifica
teu corpo e
purifica teu pensamento.
 
Elisa Maria  Gasparini Torres

 

Histórico:

- 01/09/2009 a 30/09/2009
- 01/08/2009 a 31/08/2009
- 01/07/2009 a 31/07/2009
- 01/06/2009 a 30/06/2009
- 01/05/2009 a 31/05/2009
- 01/04/2009 a 30/04/2009
- 01/03/2009 a 31/03/2009
- 01/02/2009 a 28/02/2009
- 01/01/2009 a 31/01/2009

Outros sites:

- UOL - O melhor conteúdo
- BOL - E-mail grátis
- ciganita
- Site de Poesias
- Fantasia

Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Contador:

 



Gospel: Bridge over troubled water

Nesta noite sonhei com esta música. Aliás, sonhei que acabara de conhecê-la mas não encontrava o CD  com ela, ou ela na net. Já acordada, escutei a versão com o Elvis Presley e tarammmmm!!!!!! Elvis realmente não morreu! A música é gospel, é linda, consoladora e cheia da força e amor de Deus. Resolvi pedir licença ao autor rs, pra dedicar a última parte pra minha filhinha, colocando uma foto dela bebê, enfeitada pelo nosso amigo Matheus Soares. Na minha imaginação, Silvergirl é a minha filha!!

Bridge Over Troubled Water

Ponte Sobre Águas Turbulentas

When you're wearyQuando você tiver cansada
Feeling smallSe sentindo pequena
When tears are in your eyesQuando houver lágrimas nos teus olhos
I will dry them allEu irei exugar todas elas
I'm on your sideEu estou do teu lado
When times get roughQuando o tempo se tornar rude
And friends just can't be foundE os amigos não puderem ser encontrados
Like a bridge over troubled waterComo uma ponte sobre águas turbulentas
I will lay me downEu irei me colocar
Like a bridge over troubled waterComo uma ponte sobre águas turbulentas
I will lay me downEu irei me colocar
When you're down and outQuando você estiver pra baixo
When you're on the streetQuando você estiver na rua
When evening falls so hardQuando o anoitecer vier tão forte
I will comfort youEu irei confortar você
I'll take your partEu ficarei ao teu lado
When darkness comesQuando a escuridão chegar
And pain is all aroundE o sofrimento estiver ao redor
Like a bridge over troubled waterComo uma ponte sobre águas turbulentas
I will lay me downEu irei me colocar
Like a bridge over troubled waterComo uma ponte sobre águas turbulentas
I will lay me downEu irei me colocar
Sail on Silver Girl,Navegue, Garota prateada
Sail on byNavegue
Your time has come to shineSua vez chegou, para brilhar
All your dreams are on their wayTodos teus sonhos estão a caminho
Veja como eles brilham
Se você precisar de um amigo
Eu estarei navegando ao teu lado
Como uma ponte sobre águas turbulentas
Eu irei confortar tua mente
Como uma ponte sobre águas turbulentas
Eu irei confortar tua mente
See how they shine
If you need a friend
I'm sailing right behind
Like a bridge over troubled water
I will ease your mind
Like a bridge over troubled water
I will ease your mind

 



- Postado por: Elisa Gasparini às 17h45
[ ] [ envie esta mensagem ]





MEU CORAÇÃO...

Meu coração

 

Meu coração está aberto para o sonho. Aberto para mudanças. Aberto para o toque Divino. Meu coração busca desafios e busca ser melhor e mais ágil, com domínio próprio e mansidão de espírito. Eu só quero me dizer, em frente ao espelho , no final da minha vida, que eu vivi plenamente.Que deixei algum legado. Que eu amei. Que fui amada... Agradeço a Deus, agradeço aos meus pais, Janete e Deslandi - que Deus esteja com vocês, pai e mãe, crianças com mais de sessenta, mas que têm minha admiração.

 

 OS DEGRAUS

Não desças os degraus do sonho
Para não despertar os monstros.
Não subas aos sótãos - onde
Os deuses, por trás das suas máscaras,
Ocultam o próprio enigma.
Não desças, não subas, fica.
O mistério está é na tua vida!
E é um sonho louco este nosso mundo...

Mario Quintana - Baú de Espantos

 

“Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.”

“O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada. Caminhando e semeando, no fim terás o que colher.”

CORA CORALINA

Reinvenção

A vida só é possível
reinventada.


Anda o sol pelas campinas
e passeia a mão dourada
pelas águas, pelas folhas...
Ah! tudo bolhas
que vem de fundas piscinas
de ilusionismo... — mais nada.


Mas a vida, a vida, a vida,
a vida só é possível
reinventada.


Vem a lua, vem, retira
as algemas dos meus braços.
Projeto-me por espaços
cheios da tua Figura.
Tudo mentira! Mentira
da lua, na noite escura.


Não te encontro, não te alcanço...
Só — no tempo equilibrada,
desprendo-me do balanço
que além do tempo me leva.
Só — na treva,
fico: recebida e dada.


Porque a vida, a vida, a vida,
a vida só é possível
reinventada.

Cecília Meireles

 

DESEJO DE DESPERTAR

No embalo ritmado da brisa leve,

de paixões antigas, adormecidas,

encontrei-me assim, sem querer,

precisamente ali, alma adentro.

Lá, observei-me com temor e ressalva.

De binóculo, para não me incomodar.

Pois, distraída estou no centro de mim,

Embebida por pensamentos presentes.

E ao buscar-me, veja que empatia,

uma voz clara me chamou deste estado

de eclipse lunar e estrela cadente. 

Meu Pai! Tu me tocas e eu me chamo?

Abro os olhos e, em mim, olho ascendente.

Eu que tenho evitado o reflexo do espelho,

por onde Deus irá mostrar meus caminhos.

Ai, ai, ai...não posso mais me esconder.

Sob que vã proteção foi que estagnei?

Pelas longas, cíclicas trilhas da mesmice?

No afã do comodismo lento e carinhoso?

Portanto, vou me invocar dentro de mim.

Vou transformar, ser doidivanas...

Shhiiiuuuu! Louca varrida...

Fale baixo, pois abstraída estás,

nesse cenário doido: na cama Van Goghiana.

 

Elisa Maria Gasparini Torres

 

Mamãe e eu II

 

...minha mãe, apesar de ter sido pobre, estudou, é atualizada, perceptiva e culta. Acontece que ela é do tempo que “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”, “em boca fechada não entra mosca”, “agora, Inês é morta” e “um homem prevenido vale por dois”. Sou de outra geração, tenho outras experiências e por fim, divergências. Eu por exemplo, não acredito que Deus ajuda só quem cedo madruga e que nunca se apanha moscas com vinagre ou que devagar todos vão muito longe... Mas algo, tanto ela fala que aprendi “antes tarde do que nunca” : pra tudo há uma solução provisória ou uma que baste! Nem que seja a morte! Que será a única coisa que o tempo não vai curar, não haverá mais um dia após o outro, nem mais algum bem que sempre dure ou algum mal que nunca se acabe....

 

Elisa Maria Gasparini Torres

 

 

 



- Postado por: Elisa Gasparini às 23h10
[ ] [ envie esta mensagem ]





POESIA DO POETA ABEL PURO

Puro de talento, puro de reflexões. Sua poesia é forte e dilacerante, nos trás reflexões interiores intensas. Eis aí uma veia romântica dele de que gosto muito:

 

 

PRO SEU SUSPIRAR

 

QUANTO TEMPO PASSARÁ ?
SERÁ QUE ALGUM DIA                   
VOU RETER VOCÊ
E FAZÊ-LA CRER
QUE MEU PEITO É MORADIA                     
PRO SEU SUSPIRAR?
 
SERÁ QUE TAIS HISTÓRIAS                       
VÃO SE MISTURAR?
OS DEUSES, MESMO TARDE,
AINDA VÃO FUNDIR
DOIS CORPOS TÃO... ADOECIDOS
E RIR DO QUE ACENDE?                                    
VÃO CONSPIRAR POR NÓS?
 
VIREMOS BEM DIZER
A MÁXIMA DO AMOR,
A FORÇA QUE TEM UM...QUERER?
 
EU GUARDO FESTAS PRA LHE DAR,
MAS NÃO AS ACHO, HOJE,
EM MIM.
TALVEZ O PESO DAS LIÇÕES                                   
ME DEIXE CEGO.
 
EU TENHO FENDAS PRA FECHAR
E, SAIBA, DÓI ATÉ O FIM.
SE VAI PARTIR, MAS QUER FICAR,
ESPERE UM POUCO!

 

ABEL PURO

 

Leia mais do poeta em:

 

http://www.omelhordaweb.com.br      

  

http://www.recantodasletras.com.br

 

http://www.sitedepoesias.com.br/poetas/AbelPuro

 

 



- Postado por: Elisa Gasparini às 15h21
[ ] [ envie esta mensagem ]





SOBRE EDUCAÇÃO

Educador é quase uma profissão em extinção devido às péssimas condições de trabalho e às constantes frustrações profissionais. Além de desamparado pela lei e desrespeitado pelas comunidades, ainda por cima o professor é rechaçado pela mídia e pelo governo, que insiste em se abster de culpas e de buscar soluções mais efetivas para que a educação aconteça de forma sadia para professor e aluno. Quando se lê que um professor foi agredido moralmente e fisicamente por alunos, é possível encontrar outra reportagem, na mesma folha de jornal, sobre a falta de responsabilidade e de preparo dos educadores. Uma contrariedade que não está trazendo benefícios para a imagem do mestre e nem isentando o governo das suas responsabilidades. Leia a reportagem abaixo!

 

O MONSTRO DENTRO DAS ESCOLAS


Eis aqui o segundo  Dos PIORES  males sociais, o vandalismo. QUASE TÃO
DESTRUIDOR E DEVASTADOR QUANTO O PRIMEIRO, O ALCOOLISMO. OS ALUNOS
ESTÃO DESTRUINDO, COM FÚRIA, O PATRIMÔNIO DAS ESCOLAS PÚBLICAS. E
FICAM IMPUNES, TORNANDO-SE MAIS IRRESPONSÁVEIS, NO CAMINHO ABERTO PARA
A CRIMINALIDADE FUTURA.

Alunos desmotivados, indisciplina, infraestrutura
precária e violência. São muitas as adversidades
enfrentadas pelos professores.
E o maior prejudicado é, mais uma vez, o bom ensino.
Muitos alunos submetem os professores a toda
sorte de agressões verbais e físicas.
Os professores não tem coragem nem de pedir silêncio,
e estão com medo de reprovar os alunos.
46% dos professores dizem que sua maior dificuldade
é conter a indisciplina- e despertar a atenção dos alunos.
52% admitem atitudes agressivas com os estudantes,
tendo sido irônicos ou rudes.
47% já sofreram agressões verbais na sala de aula
11% chegaram a ser agredidos fisicamente.

É necessário um choque de ordem
e respeito no dia a dia das escolas,
se quisermos salvar a Educação brasileira.



Fonte: Revista VEJA

 

 

 

 



- Postado por: Elisa Gasparini às 19h31
[ ] [ envie esta mensagem ]





FANTASIA X REALIDADE

Sonhar, sonhar e sonhar ainda um pouco mais. Fantasiar as coisas mais loucas e acordar ao meio de um dia normal, em uma vida comum... E fantasiar pode ser mágico! Com essas palavras introduzo a temática e faço o ensejo, te convidando pra ler as poesias abaixo:

 

 

Ame amar, ame o amor!

                     Ame , simplesmente ame
                  Não cobre de volta esse amor
                         Simplesmente ame
                       Não espere os toques
                       Não espere os beijos
                 Mas, não  sufoque  seu desejo
                   Devaneie, devaneie a vontade
                      Mentalize uma fantasia
                       Uma fantasia de amor
                   Mas, não espere retribuição
                    Não espere contato físico
                   Use sua energia para amar
                      Mentalize sem sofrer
             Lembre-se: Sua mente pode tudo
                      Acalente esperanças
               Mas, mantenha os pés no chão
                         Voe em devaneio
                Continue amando sem cessar
                        Simplesmente ame
         Não espere mais do que lhe podem dar
                    Ame amar, ame o amor
                     Um dia a vida lhe dará
                  Quando você menos esperar
                  Todo amor que você plantou.


Mariluxa

Leia mais da poetisa em:

http://sitedepoesias.com.br/poetas/Lourdinha+Xavier

 O AMOR FOI FEITO
 
Em pensamentos levei tua mão em meu peito

Para que sentisse as batidas de meu coração

Sutilmente te olhei nos olhos e no meu leito

Enquanto tocavas minha pele em ebulição...

 

De olhos fechados dei asas pr’a imaginação

Criando fantasias fui te tendo do meu jeito

Em minha boca o rubi do mais lindo batom

Em meus pensamentos nenhum preconceito.

 

Se os meus pensamentos tudo te permitem

As minhas fantasias tem o céu como limite

E neles, os meus desejos por ti são aceitos.

 

Eu sei que alem dos sonhos nada existe

Mesmo assim ao acordar não serei triste

Porque em sonhos O AMOR FOI FEITO!...

Teresa Cordioli

Leia mais da poetisa em:

http://www.a-vida-em-versos.blogspot.com/

 MOMENTOS EM ÊXTASE!

Há momentos em que estamos próximos

e sinto teu espírito deslocar um ar quente.

Esse ar me toma, envolve, seca minha saliva.

E essa tua voz mole e macia?

Confesso que tremo por dentro!

Recordo-me de que teu toque também é de seda.

E sua boca também é morna e aconchegante.

Embora sua inteligência seja rápida,

tudo mais  em você é lento e lascivo...

Por favor, não chegue tão perto...

Dou asas à libido em minha imaginação,

porém isso eu só fantasio e não vivo!

Você se vai ...

Desperto-me acordada, em pleno dia,

cheio de compromissos e obrigações.

Lavo meu rosto na pia, me olho no espelho e repito:

"Preciso voltar pra minha vida, somente preciso!

Eu não estou entre lençóis, contigo... "

Elisa Maria Gasparini Torres



- Postado por: Elisa Gasparini às 03h34
[ ] [ envie esta mensagem ]





POEMAS SOBRE A PRÓPRIA POESIA E A ARTE DE VERSEJAR

 

PROJETO DE PREFÁCIO

Sábias agudezas... refinamentos...
- não!
Nada disso encontrarás aqui.
Um poema não é para te distraíres
como com essas imagens mutantes de caleidoscópios.
Um poema não é quando te deténs para apreciar um detalhe
Um poema não é também quando paras no fim,
porque um verdadeiro poema continua sempre...
Um poema que não te ajude a viver e não saiba preparar-te para a morte
não tem sentido: é um pobre chocalho de palavras.

Mario Quintana

Um bom poema é aquele que nos dá a impressão
de que está lendo a gente ... e não a gente a ele!

Mario Quintana - A vaca e o hipogrifo

Leia mais do poeta em:

http://www.revista.agulha.nom.br/quinta.html

A POESIA ME ESCREVE

"Nao é falta de inspiração,
como parece...
Nunca me preocupei em escrever.
Como vê,
É a Poesia que me escreve" 

Rose Felliciano

Leia mais da poetisa em:

http://www.rosefelliciano.com

AZUL NA POESIA

Em versos mudos

destravei algemas

Silêncio preso

virou colibri

Cauda longa de espátulas azuis

tremula ao vento da imaginação

Úrsula Avner

Leia mais da poetisa

http://ursulaavner.blogspot.com

http://www.ursulaavner.com

AUTOPSICOGRAFIA

O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.

E os que lêem o que escreve,
Na dor lida sentem bem,
Não as duas que ele teve,
Mas só a que eles não têm.

E assim nas calhas de roda
Gira, a entreter a razão,
Esse comboio de corda
Que se chama coração.

Fernando Pessoa

Leia mais em:

http://www.jornaldepoesia.jor.br/gs01.html

 

 

O poeta faz o amor

 

Ai, ai ...o poeta e seu fascínio sedutor!

Concerta os dispersos cacos foscos

do anel de vidro que se quebrou,

e faz dissipar nele novamente o brilho

de uma estrela reluzente.

E o amor não é pouco e nem se acaba ...

Em cada linha arrebata suspiros

e tremores de um coração ávido.

Em cada poesia de paixão e sensualidade

faz-nos amor de forma que até o corpo sente!

Cativados os olhos de quem lê,

faz nascer uma relação, autor-leitor,

nas termas de águas efervescentes,

dos subterrâneos de suas sensibilidades.

 

(Elisa Maria Gasparini Torres)

 

 

 

 



- Postado por: Elisa Gasparini às 07h23
[ ] [ envie esta mensagem ]





2 ANOS DE CRISTINA!

Cristina nós te amamos! Pra isso você só precisou existir! Mais nada! Desde que você era o nosso fetinho, te queríamos muito. É verdade que vai uma broncazinha ali, uma briguinha aqui e muito trabalho em todas as horas. Também mil beijos nessa bochechinha que nunca cora! Seja qual for a traquinagem. Cristina é muito feliz, companheira, esperta, brincalhona e muiiiiito fofa!  Uma experiência maravilhosa, sem dúvida!   Ela fez dois anos dia 17/07/2009. Veja as fotos, da pequena festinha que fizemos!

Eu e a minha menininha.

Com papai, mamãe - atrás o painel de fotos dela.

Olhando as sacolas de presentes!

 

Cris com vovô e a voelita.

Tio Afonso no fundo, nona, tio Cezar e tia Rô com o priminho Bruno no colo.

Tio Felipe e tia Rafaela.

 

Aqui ao lado do bolo, com a imagem da "Kitty" , como ela mesma fala!

Hora de apagar a velinha!

 

Cristina

Tim Maia

Composição: Tim Maia/Carlos Imperial

Vou-me embora agora pra longe
Meu caminho é ida sem volta
Uma estrela amiga me guia
Minha asa presa se solta, eu

Vou ver cristina, vou ver Cristina, vou ver Cristina

E por onde vou, vou deixando
Marcas do meu peito sangrando
Vou cobrir as flores da estrada
De um vermelho amor, madrugada, eu

Preciso ver Cristina, minha menina
Preciso ver Cristina, minha menina
Preciso vê-la, Cristina minha menina



- Postado por: Elisa Gasparini às 05h53
[ ] [ envie esta mensagem ]





MULHERES DE 30 ANOS

 

Adoro ser uma mulher da faixa dos 30. Sinto-me mais apta pra abrir as asas e alçar voos. Sou mais respeitada em todos os sentidos. Por trás de minhas opiniões, tenho uma bagagem de vida que é levada , muito mais em conta, do que quando eu estava na faixa dos 20 – se bem que outro dia, escutei a tolice de que com os cabelos tingidos de castanho escuro, sou mais digna de respeito do que com os cabelos de mechas claras rsrsrsr.  Tive minha filha com 32 e acho que foi a melhor idade, estava mais madura pra ser mãe, embora o sistema reprodutor também estivesse ficando maduro demais, mas consegui conceber! Estou louca pra ler “A Mulher de Trinta”, de Honoré de Balzac. Farei isso em deleite próprio. Em homenagem a nós, de trinta e alguma coisa de idade. Enquanto arranjo tempo pra isso, pois também tenho obrigações de gente da faixa dos trinta, hahaha, já me realizo lendo uma crônica do Mário Prata! Leia alguns trechos abaixo:

 

MÁRIO PRATA

As mulheres de 30
(Trechos)

O que mais as espanta é que, de repente, elas percebem que já são balzaquianas. Mas poucas balzacas leram A Mulher de Trinta, de Honoré de Balzac, escrito há mais de 150 anos. Olhe o que ele diz:
'Uma mulher de trinta anos tem atrativos irresistíveis. A mulher jovem tem muitas ilusões, muita inexperiência. Uma nos instrui, a outra quer tudo aprender e acredita ter dito tudo despindo o vestido. (...) Entre elas duas há a distância incomensurável que vai do previsto ao imprevisto, da força à fraqueza. A mulher de trinta anos satisfaz tudo, e a jovem, sob pena de não sê-lo, nada pode satisfazer'.
Mas voltemos a nossa mulher de 30, a brasileira-tropicana, aquela que podemos encontrar na frente das escolas pegando os filhos ou num balcão de bar bebendo um chope sozinha. Sim, a mulher de 30 bebe. A mulher de 30 é morena. Quando resolve fazer a besteira de tingir os cabelos de amarelo-hebe passa, automaticamente, a ter 40. E o que mais encanta nas de 30 é que parece que nunca vão perder aquele jeitinho que trouxeram dos 20. Mas, para isso, como elas se preocupam com a barriguinha!
Elas talvez não saibam, mas são as mais bonitas das mulheres. Acho até que a idade mínima para concurso de miss deveria ser 30 anosSão fortes as mulheres de 30. E não têm pressa pra nada. Sabem aonde vão chegar. E sempre chegam.
Chegam lá atrás, no Balzac: 'A mulher de 30 anos satisfaz tudo'.
Ponto. Pra elas.

E PONTO PARA O MÁRIO PRATA! LEIA MAIS DO ESCRITOR EM:

 http://www.marioprataonline.com.br/



- Postado por: Elisa Gasparini às 19h28
[ ] [ envie esta mensagem ]





EDITAL DO CONCURSO SME/SP 2009

COBIÇA E CONQUISTA

Eu vi um sonho que da lua aportou.

O sonho me encarou e o tambor rufou.

Aí o sonho me veio com o seresteiro e me cantou.

O sonho garboso me seduziu, me convidou.

Virou meu mais querido e sussurrou-me promessas,

se acaso por mim fosse perseguido...

Portanto, agora eu tenho que me entregar.

O sonho quer me levar até as estrelas,

juntinhos, temos muito para conquistar.

 

(Elisa Maria Gasparini Torres)

 

Edital para o concurso público municipal - SP/capital -  de gestor educacional (acesso) e de professor de ensino fundamental II e médio (ingresso):

 LINKS E ARQUIVOS 
Edital de Abertura de Inscrições - Ingresso
Edital de Abertura de Inscrições - Acesso
 
Para visualizar os Arquivos PDF é necessário ter instalado o programa Acrobat Reader. Caso não tenha instalado, clique no botão ao lado para fazer o download.



- Postado por: Elisa Gasparini às 22h42
[ ] [ envie esta mensagem ]





MINHAS POESIAS

Qualquer paixão precisa de estímulo, de reforço positivo, críticas construtivas e de renovo. Todo ser passional precisa variar ou impulsionar suas paixões! Todo ser precisa ser passional, ao menos um pouco, ou é um morto ambulante ...A paixão por algo ou alguém pode ficar enterrada, em pausa, deixada de lado por um tempo, mas não se deve sepultá-la viva! Esquecer-se das paixões é como esquecer-se de si mesmo.

Desilusão, parte da paixão!

 

No ápice da desmotivação

os olhos consultam o relógio,

a mente busca o etéreo,

o espírito decreta fuga...

Ausento-me de mim,

do ponto de equilíbrio!

O corpo em outra percepção

do chronos e sua fugacidade.

Na hora vindoura espera-se

absorver alguma estratégia,

pra se viver outra utopia.

Impregnar-se de ilusão

ou cética a paixão esfria...

 

(Elisa Maria Gasparini Torres)

 

Guardo-te na caixinha de segredos.

Fique em minha caixinha de segredos,

só por algum tempo, por favor.

Por um dado momento em que

me organizo e fraciono minhas horas.

Pois, a vida é curta e a lida é imensa. 

Espero estar te pedindo com jeitinho,

com  licença.

Olha, eu te guardarei com carinho,

num pedaço do meu memorial,

macio, colorido e enfeitadinho.

E quando tivermos que terminar

aquele nosso assunto,

te retornarei ternamente ao meu mundo.

Livre, precisarei raciocinar sem engodo.

E já vou estar com a cabeça fresquinha,

pra dissolver os detalhes e elaborar o nosso todo.

 

(Elisa Maria Gasparini Torres)

 

 

 



- Postado por: Elisa Gasparini às 19h25
[ ] [ envie esta mensagem ]





MINHA POESIA E AS DO POETA PAULO POVOA

DIGA QUE NÃO É NADA SEM MIM!

 

Diga que me ama! Diga que me quer!

Desabrochando em seus braços,

intensa, envolvida, dissolvida em ti.

Acalentando com carinhos, teus cansaços,

como não fez igual nenhuma outra mulher.

Diga que sonha comigo, e assim, se sente vivo.

Diga que é louco pra me ver e ouvir minha voz.

Tomar-me com aquela pegada e nos virar do avesso,

empreender uma viagem de pura libido,

por todas as ondulações e fissuras do meu corpo,

embaraçando meu cabelo.

Diga que quer se impregnar do meu cheiro,

da minha saliva, do toque dos meus dedos.

Diga que quer me escrever românticas

e eróticas poesias, pra me tocar e me mover.

Pois, diga que espera de mim um enlace aflito.

Diga que não liga para o meu resfriado,

minhas desarticulações, minhas desarrumações.

Diga  baixinho, no arrepio do meu ouvido

que o importante é a  minha essência,

pra colorir, bagunçar e incendiar a sua vida.

Ah, puxa, coração ... somente diga!

 

ELISA MARIA GASPARINI TORRES

 

O poeta e amigo Paulo Povoa, sempre me homenageou com seus poemas - resposta. Leia abaixo:

Para Elisa Maria - Digo que te amo

Digo que te amo
Digo que te quero
Digo que te quero sentir a desabrochar nos meus braços
Sentir a tua intensidade, a tua envolvência, a dissolveres-te no meu corpo.
Sinto os teus carinhos, os teus desejos, a tua maneira de ser como nenhuma outra mulher fez.
Digo que sonho contigo
Ao sonhar contigo sinto-me vivo, louco para te ver, louco para te ouvir
Pego-te daquele jeito, com força a virar-te do avesso
Faço uma viagem libidinosa por todas as partes do teu corpo, percorrendo cada curva, cada canto.
Esfrego o teu cabelo e no ouvido te digo que me quero impregnar com o teu cheiro, com a tua saliva, com o toque dos teus dedos.
Digo que quero escrever poesias românticas para te mandar com um ramo de rosas
Digo que quero escrever poesias eróticas para te dizer no ouvido para te tocar, para te fazer mexer, para te encher de calor.
Digo que espero de ti o enlace perfeito.
Digo que não me importo com o teu resfriado pois o tiro de ti com os beijos de amor.
Digo que não me importo com as tuas desarticulações, nem as tuas desarrumações pois fazem de ti quem tu és.
Digo bem baixinho que o importante é a tua essência.
Digo baixinho que tu dás cor à minha vida, que fazes a vida ficar uma bagunça, que fazes a minha vida ter um novo fogo.
Digo, digo, digo
Digo simplesmente que és a minha vida

 

Outra pérola dele , é essa poesia que me encantou:

O Beijo

 Sinto as doces palavras no teu beijo
As sementes do desejo no coração
As marcas que me deixas suavemente no corpo
Com mordidas de amor e paixão
..
O corpo arrepia-se sutilmente
Libertando a libido enclausurada
Fazendo a língua, os lábios, os dentes
Percorrer os caminhos ardentes de ti apaixonada
..
Toco no teu cabelo e na face
Beijo os teus lábios e seios
Deslizo com a minha língua para lugares distantes
Entrando pelo teu lugar sagrado sempre sem receios
..
Em rosas pego com jeito
E com elas te fico a beijar
Com o aroma mais perfeito
Com o encanto que a natureza pode criar
..
És a borboleta que eu desejo
E eu sou a tua flor
Com a ternura das minhas mãos
Dou-te um toque atrevido e refinado de amor
..
Deslizo de um jeito delicado e orgíaco
Entre as tuas asas que se abrem
Lambendo devagar pelo caminho
Antes que as asas se fechem e me desarmem
..
Beijo, toco, lambo e mordo
Para entrar e beber o néctar do amor
Alimento-me do teu desejo
Num beijo cheio de ardor
..
Sentes todo este desejo
Todo este caminho que fico a percorrer
Tudo isto para chegar à tua boca
E com a língua deslizar no céu que está a arder

PAULO POVOA

Leia mais em http://www.sitedepoesias.com.br/poetas/ppovoa1



- Postado por: Elisa Gasparini às 18h50
[ ] [ envie esta mensagem ]





ALIMENTAÇÃO E VAIDADE!

 

Hoje em dia, ter um corpo em forma é melhor do que tê-lo magro. Dietas não significam saúde propriamente. Sou favorável a elas, sim. Só acho essencial algum exercício físico. Também adoro comer! Macarrão é meu prato predileto e chocolate meu antidepressivo natural. Mas depois, a culpa é inevitável. Realmente entendo quem tem bulimia! Quem sofre desse problema, nem sempre é magro, mas é alguém sujeito à excessos, alternando loucos períodos de comilança com também loucos métodos pra emagrecer. Compensando a farra de alimentos calóricos com exercícios exagerados, dietas, jejuns, uso excessivo de purgantes e de diuréticos.  Há também os anoréxicos. Radicais. Anorexia nervosa é uma doença perigosíssima, ligada a cultura narcisista do Ocidente. 

Há quem aposte no vegetarianismo para emagrecer e ter mais saúde. Os vegs se dividem em lactoveg, ovolactoveg ou ovoveg e há os vegetarianos estritos que excluem todo tipo de produto animal. Vou ser sincera: verduras, legumes e frutas fazem bem a qualquer pessoa. .  É essencial! Todos têm que ser meio vegs. Leite e seus derivados assim como a carne, devem ser consumidos com muita moderação por qualquer um. Não precisa ser veg pra isso. E também não acho que adianta ser vegetariano e consumir muitos carboidratos e açúcares. A pessoa continua sujeita aos excessos de gordura e seus problemas de saúde decorrentes.

Só ser magro não é sinal de um organismo equilibrado. E nem de beleza, na verdade. Só é um padrão cultuado.  Embora estar dentro do peso ou ao menos com nada em muito excesso, é bem mais elegante, sem dúvida. Plásticas e outros procedimentos estéticos também ajudam na elegância, mas não são determinantes da boa saúde. Agora, com certeza, aumentam a auto-estima. O ideal é não relaxar. Corpo é tudo que teremos a longo prazo, mesmo que caindo aos pedaços rsrsr ... Melhor o mais inteiro possível!

 

 

VERSOS DE VAIDADE

Chamei-te narcisa,

de tez morena praticamente intacta.

Poucas linhas voláteis como o elástico.

Seu largo sorriso de dentes tratados,

teme ser revelado e reprimido.

Olhos amendoados d’água in vitro,

ilustram o rosto quando retorcido,

demonstrando os castigos d’alma.

Mergulham ás vezes no infinito

e de lá não querem sair.

Quando os lábios tremem desolados,

está a balbuciar uma prece entoada,

para que Deus a liberte das aflições.

Ainda assim nela não há muita mágoa,

pelos insucessos ou timidez marcada.

Somente o desejo de erguer seu corpo,

de sensualidade gordurosa e explícita.

Abrir asas e voar em outras paisagens.

Narcisa esconde um segredo de vaidade.

ELISA MARIA GASPARINI TORRES

 

 

 



- Postado por: Elisa Gasparini às 18h15
[ ] [ envie esta mensagem ]





MINHA AMIGA POETISA, HYNES MARGARIDA!

 Hynes mandou-me esse gif e o guardei com carinho. O eternizo no meu blog. Exibo-me com ele! Gif, de amiga,  é coisa pra se lembrar todo o sempre!!


Poesia

SEMPRE MAIS

Ainda que tivéssemos tudo na vida...


de tantas glorias não seriam suficientes...


Se tudo se vai tão ligeiro!


Pelo tempo o ar se vai como fumaça...


Somente tem valor nosso sentido, as horas,


De risonhas alegrias...


nossas vidas se vão! Mais do que nunca esquecidas.


No amanhecer! Lindas inspirações, sonhos e desejos...


De sangue e força! Satisfazendo assim nossos anseios.


Descansa agora suas metas... Com sombra fresca e fartura.

Hynes Margarida de Oliveira

Leia mais da poetisa em :

 

 

 



- Postado por: Elisa Gasparini às 20h01
[ ] [ envie esta mensagem ]





POESIA DA POETISA MARILUXA!

TEU CORPO

Sob a luz do luar   

    Teu corpo nu me fascinou

Admirei cada parte

Pura obra de arte!

  A tua imagem me fez delirar

   Como um imã potente

   Teu corpo, se juntou ao meu flamejante

             E eu, o senti viril...Marcante...

      Nesse ponto da confluência do teu corpo

        No meu corpo fremente...

  Saciamos o desejo em nós eminente.

MARILUXA 

A poetisa Mariluxa é sensível e parece que escreve à cores. Eu sempre fui apaixonada por essa imagem gótica e sensual, nos versos dela encontrei a minha combinação perfeita e pessoal de poesia e imagem. Leia mais da poetisa em:

http://www.sitedepoesias.com.br/poetas/Lourdinha+Xavier

 

 

                  



- Postado por: Elisa Gasparini às 11h41
[ ] [ envie esta mensagem ]





PERSONALIDADES!

As personalidades se formam e se reformam constantemente. Os pensamentos se organizam e se reconstroem constantemente. Acho linda essa capacidade humana de se re-adaptar. Acho lindo todo e qualquer renovo! Abaixo, poesias de dois poetas sensíveis às possibilidades do interior de cada pessoa:

recados-coracao-gif-336.gif image by kilatesigor

AS PARTES & O TODO

não sou único em mim
sou antes as partes
únicas de um todo

a identidade apenas
as partes somadas
símbolo do todo

sou um todo de somas
dissociadas e diversas

difusas e aglutinadas

somatórias vivências
vitrais colecionados

sentimentos essências

sou o todo de um ser
fracionado em partes

amalgadas juntadas

risos e dores
deleites dissabores
prazeres desencantos

acertos e erros
divino e pagão

cristão e ateu

partes de um todo
me totalizam

verdades que busco

das partes um todo
todo em partes...

EDILOY A C FERRARO

MEUS PÉS

Sob os meus pés, o mundo caminha alheio           
a meus sentimentos opostos,
contrários ao esboço dessa poesia crua
sem destino certo e em qualquer rua
Subo colinas por auto recreação,
faço versos descartáveis incorporados ao meu tempo
incorreta e desatenta dou passos largos
indefesa e só escrevo - minha incorreção
pelas redondezas por onde andei
lapido palavras como um diamante,
descalça ouço o vento a sussurrar docemente
rimas -  como se fosse  um segredo barroco,
a terra molhada me dá energia,
um disparate ao concreto de outros  pensamentos,
em  cada esquina observo olhares desencontrados,
um descaso incorrigível aos meus sonhos

Pelas estradas onde pisam meus pés
houve caminhos perdidos desassociados e mal acabados
recorro categórica ao mundo mágico
dos meus sentimentos profundos e imaginários,
descasco meu abacaxi ácido só para contrariar
os universos dos intelectuais,
faço deles um doce surreal ou sensual
depende de quem me lê agora
mergulho sentimentos  pouco provável mas puro
a indignação pela vida afora.
Não me entrego totalmente - sou exclusiva
porque não é chegada a hora final
e assim soberana em poesia,
acumulo meus caminhos reais e virtuais
enfrentando com dignidade os acertos e desencontros
mudando postura sobre vidas conhecidas,
analisando reavaliando emoções furtivas
indiferente a cor e o formato do texto.
Rimo as calçadas por onde piso,
com meus pés flutuantes - meu glossário
um desfile  espetacular de viver
com alegria e movimento.
Uma grafologia traçada pela minha escrita...

Soraia - Ciganita

 

 

 



- Postado por: Elisa Gasparini às 20h23
[ ] [ envie esta mensagem ]